Conheça já o Atelier Joaquim Massena

Por onne
Estabelecido em 1992, com o objectivo de acolher o exercício de Arquitectura, Planeamento e Urbanismo, opera na concepção, elaboração de projectos e acompanhamento de edifícios Contemporâneos, obras de carácter Monumental, Patrimonial ou Popular, Equipamentos Públicos/ Privados, bem como assessoria a Particulares e a Organismos Públicos.
.
O Atelier está localizado no Porto dirigido pelo Arquitecto Joaquim Orlando Massena e em Madrid dirigido pelo Arquitecto Joaquim Filipe Massena.
O Atelier pauta-se no seu exercício, por acções profissionais e pedagógicas, relacionadas com as artes e as técnicas, num dever de cidadania, de respeito pelas Pessoas e pelos justos interesses da Identidade e da Memória de cada Lugar.
Fundado pelo Arquitecto, Joaquim Orlando Massena, o atelier desenvolve uma actividade intelectual, na concepção artística e técnica dos objectos arquitectónicos a que é chamado a intervir, recriando conceitos e modelos apoiados no conhecimento e desenvolvimento cultural, social e económico.
Mestre em Conservação, Restauro e Reabilitação do Património pela Universidade de Alcalá de Henares (Madrid, 1997), esteve também ligado durante 12 anos, ao sector público, integrando os departamentos de Urbanismo das Câmaras Municipais do Porto e Vila Nova de Gaia.
Em 1989 inicia a actividade privada e, em 1992, funda o atelier Joaquim Massena, actualmente situado no Centro Histórico do Porto.
Ainda em 1992, ganha o 1º prémio com distinção e unanimidade para o projecto de Reabilitação do Mercado do Bolhão, não tendo sido atribuído o segundo lugar, mas apenas dois terceiros lugares.
Em 2000, recebe a Menção Honrosa, no prémio João Almada, atribuída pela Câmara Municipal do Porto a obras de referência na Reabilitação do Património.
As suas irreverentes e frontais considerações sobre a Arquitectura e Património têm motivado a sua participação em diversas acções cívicas e pedagógicas em várias escolas, conferências, seminários e meios de comunicação social. É um dos pioneiros a tratar o tema da Reabilitação do Património, estabelecendo desde sempre convénios e relações institucionais internacionais na defesa e protecção da identidade material e imaterial.

 
Por, João Ferreira Gestor de Marketing
ONNE