Dureza do Larouco retira à Glassdrive / Q8 / Anicolor a Amarela da Volta a Portugal

Por onne

Disputou-se hoje a 7.ª Etapa da 84.ª Volta a Portugal, com uma chegada dura ao alto do Larouco, em Montalegre, onde Artem Nych, da Equipa Profissional de Ciclismo Glassdrive / Q8 / Anicolor, deixou de ser o líder da prova, ao chegar em 12.º lugar. Frederico Figueiredo terminou na 5.ª posição, sendo o corredor da estrutura de Águeda com o melhor resultado do dia, ocupando o 7.º posto da Geral Individual. Nych está a 28 segundos do novo Camisola Amarela, Colin Stüssi (Team Vorarlberg), que conquistou a tirada desta quinta-feira.  


Mais um dia de montanha na Volta a Portugal, na extensão de 162,6 km entre Torre de Moncorvo e o alto da Serra do Larouco (Montalegre). Houve muitas movimentações, mas a fuga do dia apenas surgiu aos 72 km, com 12 unidades. A montanha de 1.ª categoria em Torneiros levou à aproximação dos escapados ao grupo onde estavam os favoritos. Mas foi na subida de Montalegre que se desenhou o desfecho da corrida. 


Um grupo com cerca de 40 unidade iniciou a subida até o alto do Larouco, com a Glassdrive / Q8 / Anicolor a impor o ritmo. Quando faltavam 4 km para a chegada, Artem Nych descolou. Mesmo com a meta a coincidir com uma contagem de montanha de 1.ª categoria, a discussão seria ao sprint, entre seis corredores. O mais forte foi Colin Stüssi, com Frederico Figueiredo a ser o 5.º classificado, a 2 segundos. O corredor da Team Vorarlberg é agora o novo líder da Volta a Portugal, que tem proporcionado uma mudança constante de comandante, aumentando as emoções. 


Esta sexta-feira, dia 18, vai disputar-se a 8.ª Etapa. Trata-se de uma viagem com 146,7 km que vão ligar Boticas (13H40) a Fafe (17H35), sem grandes dificuldades montanhosas e que por isso vai voltar a privilegiar os roladores e sprinters.