Viabilidade da Zona Para Abertura de Franchising

Por onne

Quando um futuro franchisado procura um conceito que lhe interessa, é vital perceber se funciona ou não na zona onde pretende levar a cabo a implementação de uma nova unidade. Por vezes, com a emoção de empreender num novo projeto e na criação de um novo negócio, as pessoas tendem a desvalorizar o mercado mais direto onde vão atuar. O local onde se vai proceder à abertura de um negócio, por vezes, é mais importante do que o próprio conceito. Um determinado negócio pode ter performances completamente distintas, dependendo da zona onde for implementado.

É demasiado importante que na análise a um determinado negócio se estude também a viabilidade do mesmo na zona onde se pretende implementar. Uma das formas mais comuns é por comparação com os dados demográficos das zonas onde já estão instaladas algumas unidades com sucesso.
Dependendo do negócio e do seu público-alvo, é fundamental ter especial atenção à população da região em causa, bem como a distribuição desta por grupos etários e estratos sociais, poder de compra, atividade, etc. Se efetuarmos esta comparação, é possível retirar algumas ilações que permitem tomar uma melhor decisão, mitigar o máximo de riscos, e finalmente avançar para o negócio.

Para que os novos empreendedores diminuam os riscos e, por consequência os casos de implementação mal sucedida, devem realizar um estudo local que permita obter uma análise de quais os denominadores mais vantajosos e menos vantajosos de implementação local, assim como encontrar denominadores comuns que levam um mesmo conceito ao sucesso em localizações distintas.

Esta análise visa minorar os riscos, uma vez que os negócios não se deslocam com facilidade e, quando se consegue, normalmente, comportam custos elevados, pelo que este tipo de erros deve ser evitado.